SAÚDE E MOVIMENTO

O Projeto Saúde e Movimento é um projeto plurianual, da Escola Sec. Romeu Correia, dirigido a alunos do 2º e 3 ciclo e ensino secundário.

É nas aulas de Educação Física que lidamos com frequência com as limitações físicas e com comportamentos de vergonha do próprio corpo por parte dos alunos, na maior parte das vezes por questões de obesidade e pré obesidade. Também nos apercebemos que o reportório motor que os alunos apresentam é cada vez mais pobre. Esta constatação empírica invalida a aquisição de padrões motores mais complexos e essenciais a um percurso desportivo dos jovens.

Neste sentido, é fundamental que os alunos ganhem consciência do seu corpo, do porquê das suas limitações e adotem estilos de vida saudável, sendo a atividade física e a alimentação equilibrada fatores determinantes neste processo.

Tendo em conta as mudanças que se têm verificado na escola atual desde o confinamento, de março de 2020 e de fevereiro de 2021. Pretende-se com este projeto: (a) conhecer os hábitos de atividade física desportiva da nossa população escolar, (b) Sensibilizar para a necessidade de manter estilo de vida ativo para o equilíbrio psico-bio-social do indivíduo e (c) promover a prática regular de atividade física na escola através dos núcleos de DE.

COORDENAÇÃO
Paulo Bandurra
Rita Pires

DOCUMENTOS

COORDENAÇÃO
Paulo Bandurra
Rita Pires

DOCUMENTOS

DESTAQUES

ESTUDO “APTIDÃO FÍSICA: UMA CONDIÇÃO ESSENCIAL PARA O BEM ESTAR”

Os professores Paulo Bandurra e Rita Pires, coordenadores do Projeto Saúde e Movimento, desenvolveram um estudo que pretendeu conhecer os hábitos de atividade física e desportiva dos alunos do AERC (do 5º ao 12º ano), bem como caracterizar os seus níveis de aptidão física. A divulgação deste estudo é, agora, oportuna, atendendo ao prejuízo que a pandemia COVID-19 possa ter tido no bem estar dos alunos. Os resultados obtidos podem ajudar a propor medidas que possam promover, nos alunos, hábitos de atividade física e desportiva e, consequentemente, a melhoria da sua aptidão física.

VER ESTUDO AQUI

ESTUDO “APTIDÃO FÍSICA: UMA CONDIÇÃO ESSENCIAL PARA O BEM ESTAR”

Os professores Paulo Bandurra e Rita Pires, coordenadores do Projeto Saúde e Movimento, desenvolveram um estudo que pretendeu conhecer os hábitos de atividade física e desportiva dos alunos do AERC (do 5º ao 12º ano), bem como caracterizar os seus níveis de aptidão física. A divulgação deste estudo é, agora, oportuna, atendendo ao prejuízo que a pandemia COVID-19 possa ter tido no bem estar dos alunos. Os resultados obtidos podem ajudar a propor medidas que possam promover, nos alunos, hábitos de atividade física e desportiva e, consequentemente, a melhoria da sua aptidão física.

VER ESTUDO AQUI

ESTUDO “APTIDÃO FÍSICA: UMA CONDIÇÃO ESSENCIAL PARA O BEM ESTAR”

Os professores Paulo Bandurra e Rita Pires, coordenadores do Projeto Saúde e Movimento, desenvolveram um estudo que pretendeu conhecer os hábitos de atividade física e desportiva dos alunos do AERC (do 5º ao 12º ano), bem como caracterizar os seus níveis de aptidão física. A divulgação deste estudo é, agora, oportuna, atendendo ao prejuízo que a pandemia COVID-19 possa ter tido no bem estar dos alunos. Os resultados obtidos podem ajudar a propor medidas que possam promover, nos alunos, hábitos de atividade física e desportiva e, consequentemente, a melhoria da sua aptidão física.

VER ESTUDO AQUI